1. Home
  2. Blog
  3. Análise de monacolinas em suplementos alimentares e matérias-primas
Análise de monacolinas em suplementos alimentares e matérias-primas
Outubro 03 2022

Análise de monacolinas em suplementos alimentares e matérias-primas

Serviços MXNS

Na sequência do parecer científico sobre a segurança do consumo de monacolinas no arroz vermelho fermentado emitido pelo Painel de Food Additives and Nutrient Sources added to Food (ANS), a Comissão Europeia publicou finalmente o Regulamento (UE) 2022/860 que altera o Anexo III do Regulamento (CE) n.º 1925/2006 no que diz respeito às monacolinas de arroz vermelho fermentado.

O objetivo do Regulamento (UE) 2022/860

O Regulamento (UE) 2022/860 tem por finalidade limitar a utilização de monacolinas de arroz vermelho fermentado em alimentos e suplementos alimentares, passando a incluir estas na Parte B (substâncias sujeitas a restrições) e na Parte C (substâncias sob controlo comunitário) do Anexo III do Regulamento (CE) n.º 1925/2006.
Um resumo que lista os principais pontos:

  • O consumo diário deve ser inferior a 3 mg de monacolinas de arroz vermelho fermentado.
  • A Comissão Europeia refere-se a monacolinas genéricas e não apenas a monacolina K.
  • Sem período de transição.
  • O rótulo deve incluir uma lista de advertências relativas ao seu consumo.

Como a Mérieux NutriSciences pode ajudar?

Análise de monacolinas

Para garantir que o produto ou ingrediente se enquadra com os requisitos, a Mérieux NutriSciences desenvolveu um novo serviço de análise de monacolinas:

  1. Determinação quantitativa de monacolinas K hidroxiácido de monacolina K (MKA) e monacolina K na forma de lactona (MK) – em matérias-primas e em produtos acabados, por método de HPLC-UV/DAD
  2. Estimativa quantitativa do total de monacolinas em matérias-primas por meio do método HPLC-UV/DAD e padrão de referência qualificado secundário, incluindo as seguintes monacolinas menores:
    • Hidroxiácido de monacolina J (MJA).
    • Monacolina J (MJ).
    • Monacolina M (MM).
    • Hidroxiácido de monacolina L (MLA).
    • Monacolina X (MX).
    • Monacolina L (ML).
    • Compactina/mevastatina (P1).
    • Desidroximonacolina (DMK).
  3. Caracterização de monacolinas menores no produto acabado.

Legislação

Os suplementos alimentares são obrigados, pelo artigo 6.º da Diretiva 2002/46/CE, a serem rotulados com a informação obrigatória, incluindo a quantidade recomendada para consumo diário juntamente com um aviso para não exceder a dose diária recomendada.

A Mérieux NutriSciences oferece uma gama de serviços para ajudar as empresas na rotulagem de suplementos alimentares de forma a responder aos requisitos legais em constante mudança.

Share it with your network
Perguntas mais Frequentes (FAQs) Provavelmente a resposta à sua dúvida está aqui!
Consulte aqui
Mérieux NutriSciences Corporation ©2022