labeling-and-regulatory-master-image.png

Assegurar que os géneros alimentícios estão corretamente rotulados, de acordo com as leis locais, regionais e internacionais pode ser um desafio, visto que a rotulagem dos géneros alimentícios está sujeita a uma regulamentação cada vez mais complexa por todo o mundo. 

A Mérieux NutriSciences oferece vários serviços de consultadoria em rotulagem alimentar em produtos ou formulações, novos ou existentes. Apoiamos no cumprimento dos requisitos legais, em constante atualização e para diferentes países.

No seguimento da globalização do mercado as empresas alimentares procuram exportar os seus produtos evitando sanções ou retiradas de produtos devido ao não cumprimento da legislação nos países de destino. Nesse sentido, frequentemente, procuram serviços e ferramentas que facilitem e garantam o processo de rotulagem. Quando se trata de exportação de géneros alimentícios a tradução literal do texto de rotulagem não é suficiente. É necessário combinar as competências regulamentares, científcas e linguísticas na escolha apropriada dos termos da rotulagem.

Saiba mais sobre os nossos serviços na nossa página dedicada ao tema : http://www.rotulagem.pt

 

Em destaque

Todos os serviços de rotulagem e legislação

Por todo o mundo a legislação sobre rotulagem alimentar está em constante mudança, tornando-se cada vez mais rigorosa. Pode ser um desafio garantir que os rótulos dos seus produtos estão em conformidade com os requisitos do mercado de destino.

(Saiba mais)

A conformidade do produto é determinada pela análise das referências presentes nas fichas técnicas e dos ingredientes correspondentes.

(Saiba mais)

A globalização do mercado exige que cada vez mais empresas procurem exportar os seus produtos. Cada país possui a sua legislação e estas diferem dramaticamente entre si. Neste cenário, o ponto chave é garantir que está atualizado sobre todos os novos documentos legais, por forma a gerir qualquer informação relevante.

(Saiba mais)

Consumidores de todo o mundo tendem a verificar com maior frequência os rótulos de forma a obterem informação nutricional antes da decisão de compra do produto alimentar.

(Saiba mais)

Quando se exporta para mercados internacionais é crucial ter um conhecimento aprofundado da legislação dos países de destino. 

(Saiba mais)

O Regulamento (CE) n.º 1924/2006 estabelece as condições de utilização das alegações nutricionais e de saúde. Deve assegurar-se que 100% das unidades colocadas no mercado cumprem com os requisitos referidos.

(Saiba mais)