A validação de um processo é um estudo, documentado e consistente, que permite assegurar que um determinado processo ou operação, funcionando dentro de determinados parâmetros, garante que o produto obtido cumpre com determinados requisitos.
 

validacao_processos_360x275.jpg

As embalagens destinadas a entrar em contacto com os alimentos podem ser fonte de contaminação microbiana. Nesse sentido, antes da sua utilização, na maioria dos casos, é aplicado um tratamento de redução microbiana, para que não aporte carga ao produto. Para isso, as embalagens (filme, tampas, …), antes de entrarem em contacto com o produto recebem um tratamento (térmico, UV, IR, peróxido, ...), que deverá validar-se previamente, para assegurar que cumpre com os requisitos estabelecidos.

A validação do tratamento aplicado a um filme plástico destinado a conter um produto alimentar, segundo o indicado no parágrafo anterior seria, por exemplo:

Estudo, documentado e consistente, que permite assegurar que um determinado tratamento, funcionando dentro de determinados parâmetros (uma determinada concentração de peróxido, uma condição específica de UV, IR, …), garante que a população microbiana presente no filme se reduz em 4 unidades logarítmicas.

Para levar a cabo a validação uma das ferramentas utilizadas é o Challenge test, que consiste em avaliar o comportamento de um ou vários microrganismos inoculados artificialmente face a um determinado tratamento.

Na Mérieux NutriScience dispomos de uma coleção de estirpes de catálogo e selvagens para inocular nas embalagens. Em função do tipo de produto a colocar na embalagem e do tipo de tratamento, será selecionado o tipo de microrganismo a usar. Dispomos de surrogates (microrganismos com a mesma termorresistência que os patogénicos, mas não são patogénicos) para realizar os estudos nas instalações do cliente sem colocar em causa a produção.

Uma vez escolhidos os microrganismos deve-se passar à fase de estruturação da validação: como serão inoculados (máquina parada, em que parte do filme, …), quantas amostras, como se realizará a amostragem (água, produto, esponja, …) e como se avaliarão os resultados.

 

Colocamos ao seu dispor a nossa capacidade de trabalho, experiência e conhecimento da nossa equipa especializada para desenhar a validação, utilizando estirpes e/ou surrogates que permitam avaliar o tratamento realizado na embalagem.