5 Novembro 2021
|   NOTíCIAS DO MERCADO
Requisitos IFS para a gestão de corpos estranhos

O aparecimento de corpos estranhos, nos géneros alimentícios, é algo que acontece com maior frequência do que o desejado. Estas partículas podem surgir na linha de produção ou noutra etapa do processo produtivo, sendo muitas vezes a sua origem e/ou natureza desconhecida. São um risco para o produto final. A colocação no mercado de um alimento que contenha corpos estranhos tem consequências nefastas para a marca e, implicitamente, para a empresa que o produz.

A IFS atualizou o seu guia orientativo para a gestão adequada de corpos estranhos, no qual reúne diferentes aspetos a ter em conta sem esquecer os avanços da tecnologia. Este referencial propõe diferentes opções para ajudar na deteção destes objetos estranhos, assim como alguns exemplos de soluções. É destacada a importância de aplicar os requisitos IFS para a gestão de corpos estranhos, sem descurar os requisitos de outros capítulos. Para uma correta gestão do estudo das causas, a definição e a aplicação das medidas corretivas, é de vital importância conhecer a natureza da partícula. Este estudo nem sempre é simples, uma vez que, normalmente, são partículas pequenas ou muito pequenas e, dependendo da análise a aplicar, a dimensão pode ser decisiva na viabilidade do ensaio.

É com uma primeira inspeção visual, e conhecendo a matriz e condições em que o corpo estranho foi encontrado, que se decide que tipo de análise realizar.

Apresentamos algumas técnicas utilizadas:

Provas visuais:

  • Observação a microscópio ótico.
  • Observação em lupa binocular.

Provas de composição:

  • Identificação da composição por FT-IR (de 4000 a 450 cm-1, pela técnica µ-ATR) e comparação com biblioteca de perfis ou comparação com possível material de origem.
  • Perfil mineral (ICP-AES) e comparação com possível material de origem.
  • Análises de DNA.
  • Microscopia eletrónica (SEM-EDS).

Frisamos, ainda, que é de extrema importância o correto acondicionamento dos corpos estranhos a identificar, para ter êxito nos resultados obtidos. Materiais com fita cola, algodão assim como mau isolamento, podem interferir nos resultados obtidos.

Colocamos à sua disposição o nosso conhecimento, experiência e capacidade de trabalho, para determinar a natureza, composição e/ou investigar a sua possível origem.

Para mais informações, contacte-nos.