embalagens_.combinacao_entre_imagem_e_necessidade
8 Agosto 2018
|   NOTíCIAS LOCAIS
Embalagem para alimentos: uma combinação entre a imagem e a necessidade

De acordo com uma pesquisa realizada pela markets and markets, o mercado global de embalagens de alimentos registará um aumento de 5,39% no período 2018-2022. No caso particular de Itália, os dados do Instituto italiano imballaggio (Instituto Italiano da Embalagem) confirmam um crescimento da produção de 3,1% em peso e de 1,9% em valor: especificamente no caso das embalagens de plástico, estas apresentam um aumento de 5% em peso e 3% em valor.

O mérito, sem dúvida, vai para o papel que a embalagem desempenha tanto como um meio de comunicação promocional e informativa e como proteção do alimento.

Por outro lado a embalagem é capaz de responder às novas tendências alimentares e mudanças no estilo de vida, permitindo que todos possam desfrutar dos alimentos segundo as exigências do mercado.

 

Fora de casa
O mercado de embalagens para as refeições consumidas fora de casa está a crescer 1,2% ao ano. Foca-se principalmente em embalagens para doses individuais que permitem manter/conservar os alimentos, por exemplo, no local de trabalho.

 

Take away
E não apenas para pizzas. São embalagens para alimentos prontos a consumo que devem garantir um correto armazenamento e transporte durante curtos períodos de tempo.

 

Comércio eletrónico
Já há algum tempo que as bancas do mercado e as lojas têm mais um concorrente, uma vez que o comercio eletrónico também entrou no setor alimentar e não só nos produtos de longa duração.
De acordo com as estimativas da Rocket Internet, o setor chegará a 90 mil milhões de US dólares em todo o mundo até 2019, ou seja, 16% do volume total de negócios da restauração a nível global.
Os produtores de embalagens para o comércio eletrónico são, portanto, confrontados com problemas de garantia da qualidade dos alimentos.

 

Design e Luxo
Uma embalagem com uma imagem sofisticada e que pode conter alimentos de valor comercial mais elevado ou pratos cuidadosamente preparados, deve ter um importante valor estético e materiais que garantam a perfeita conservação dos alimentos.

 

Embalagens ecológicas
O impulso para a sustentabilidade ambiental é forte em todos os setores, mas ainda mais forte no campo das embalagens, uma vez que tenderão a ser cada vez mais recicláveis. É uma tendência muito na moda nas embalagens de produtos orgânicos, naturais e para veganos por ser consistente com a mensagem de “consciência ambiental”. Segundo a Nielsen, os consumidores preferem comprar produtos das marcas comprometidas em alcançar uma mudança social e ambiental positiva e, por esse motivo, estão também dispostos a gastar mais.

 

Pronto a comer
O setor das refeições que viajam das prateleiras dos supermercados diretamente para os micro-ondas não está parado, bem pelo contrário. Está recetivo às inovações tecnológicas que aumentam a qualidade do produto, também devido às embalagens.

 

Embalagem inteligente
A embalagem inteligente adiciona valor ao produto. Fornece informações sobre o alimento com recurso a novas tecnologias, como por exemplo, o uso de aplicações via smartphone e prolonga a vida útil por via de uma interação positiva embalagem/produto. É um mercado que necessita ainda de desenvolvimento, mas regista um crescimento constante.

 

Estas são apenas algumas das tendências às quais as embalagens são chamadas a responder. Estas devem adaptar-se aos canais de distribuição e favorecer a experiência do consumidor.

Seja qual for a tendência, existem ainda alguns pontos críticos e necessidades básicas a enfrentar por um produtor de embalagens:

  • Segurança: a embalagem deve proteger os alimentos de agentes externos e não deve transferir substâncias nocivas.
  • Preservação: graças à embalagem as características organoléticas dos alimentos não variam com o tempo e, se possível, prolongam a vida útil do alimento.
  • Sustentabilidade: a embalagem não deve ser um problema ambiental e, pelo contrário, deve ajudar a reduzir o desperdício dos produtos alimentares.

 

A Mérieux NutriSciences estuda estas tendências de mercado para propor uma oferta analítica adequada de apoio ao setor, confirmando assim as características essenciais de conformidade que uma embalagem em contacto com alimentos deve garantir.

Saiba mais sobre os nossos serviços analíticos de "Materiais em Contacto com Produtos Alimentares".