formacao-fraude-28fev.jpg
28 February 2019
28 February 2019
FORMAçãO , TRAINING

A fraude alimentar define-se como a substituição, adição, adulteração ou deturpação intencional de alimentos, ingredientes, embalagem, rotulagem, ou ainda pela prestação de informações/declarações falsas sobre os produtos com o objectivo de um ganho económico e que pode afetar a saúde do consumidor. A fraude alimentar pode atingir qualquer empresa do sector a nível global e com um forte impacto negativo, como no valor da marca ou no desenvolvimento de negócios ruinosos.

Com a globalização, a entrada de produtos de culturas e economias diferentes e com a chegada das novas gerações, que não viveram com as consequências das práticas fraudulentas do passado, favorece o  seu reaparecimento nos produtos alimentares.

O programa incluí:

 

  • Definição de fraude e quadro jurídico.
  • Tipos de fraude.
  • Principais de grupos de produtos fraudulentos.
  • Avaliação de risco.
  • Apresentação da Safety HUD (em inglês).

Junte-se a nós em Lisboa no próximo dia 28 de Fevereiro, 2019 entre as 10h00 e as 13h00.

O registo na formação é gratuito e obrigatório.
Inscrições limitadas

Inscreve-se aqui