O ar interior pode conter contaminantes libertados por produtos como tintas, vernizes, tapetes, móveis, detergentes, purificadores de ar e dispositivos elétricos.

CONSUMO_ar interior.jpg

Todos estes produtos podem ser fontes de poluentes de ar interior, como o formaldeído e outros compostos orgânicos voláteis (COVs).

Os ensaios de emissões do produto são realizados em câmaras de teste ISO 16000-9. Parâmetros como temperatura, humidade, carga (área de produto por volume da sala) e ventilação são determinados de acordo com as normas ISO. As disposições legais da norma ISO 16000-11 são aplicadas para os procedimentos de amostragem, condições de transporte, condições de armazenamento e substratos que afetam, potencialmente, as emissões de compostos orgânicos voláteis. Para cada produto, é preparado um espécime de cada tipo. A Mérieux NutriSciences realiza estas análises num laboratório acreditado ISO 17025:

  • ISO 16000-6: 2011 Determinação de compostos orgânicos voláteis no ar proveniente de espaços interiores.
  • ISO 16000-3: 2011 Determinação do formaldeído e de outros compostos carbonílicos no ar proveniente de espaços interiores.

6 Dezembro 2021
Notícias da Mérieux NutriSciences
De acordo com a Norma Internacional ISO/IEC 17025, "O laboratório deve validar métodos não normalizados, métodos desenvolvidos pelo próprio laboratório e métodos normalizados utilizados fora do âmbito...
6 Dezembro 2021
Notícias do mercado
Foi publicado hoje, dia 6 de dezembro, o Regulamento (UE) n.º 2021/2142 que altera o Regulamento n.º 1881/2006 no que se refere aos teores máximos de alcaloides do ópio em determinados géneros aliment...