Os laboratórios da Mérieux NutriSciences podem realizar testes de mutagenicidade e genotoxicidade.

Oferecemos um programa de screening para identificação de substâncias, agroquímicos e produtos biocidas que podem causar mudanças permanentes e transmissíveis na quantidade ou estrutura de um único gene, segmentos de genes, num bloco de genes ou cromossomas. O objetivo dos ensaios de genotoxicidade é prever o potencial genotóxico de uma substância, identificar carcinogénos genotóxicos numa fase precoce e compreender o mecanismo pelo qual alguns carcinogénos e substâncias tóxicas, a nível reprodutivo ou de desenvolvimento, induzem mutações na linha germinal que podem levar a distúrbios hereditários. Os nossos especialistas realizam testes mutagénicos de acordo com as boas práticas laboratoriais  e todos os padrões globais de segurança e qualidade.

Ensaios de mutagenicidade

O ensaio de mutação reversa bacteriana utiliza aminoácidos que requerem, pelo menos, cinco estirpes de Salmonella typhimurium e Escherichia coli para detetar mutações pontuais através das substituições de bases ou deslocação do quadro de leitura.

O estudo in vitro de micronúcleo em células de mamíferos é um teste de genotoxicidade para a deteção de micronúcleos no citoplasma de células interfásicas.

O ensaio in vivo dos micronúcleos em eritrócitos de mamíferos é usado para a deteção de danos induzidos pela substância de teste aos cromossomas ou ao aparelho mitótico de eritroblastos, através da análise de eritrócitos colhidos na medula óssea e/ou células do sangue periférico de animais.

O ensaio de mutação genética de células de mamífero in vitro pode ser utilizado para detetar mutações genéticas induzidas por substâncias químicas.