O objetivo da avaliação de ecotoxicidade é ser capaz de prever os efeitos da poluição dos organismos biológicos, prevenção ou reparação de quaisquer defeitos prejudiciais o mais eficientemente e efetivamente possível. A Mérieux NutriSciences oferece uma grande variedade de análises específicas para avaliar o risco potencial de resíduo, produtos e substâncias nos ecossistemas aquáticos e terrestres.

Ecotoxicologia (Setor Aquático)

Estudos laboratoriais são realizados em algas, Dáfnia, peixe, organismos vivos em sedimentos e plantas aquáticas. Quando aplicável, estudos também são acompanhados pela verificação da concentração e de testes de estabilidade.

Algas e plantas aquáticas
Os estudos de inibição no crescimento de algas são realizados por meio de métodos diferentes de estudo, de acordo com as diretrizes OECD e EPA vigentes. De acordo com a solicitação, estudos sobre algas podem ser realizados com diferentes espécies de algas verdes ou verde-azuladas, diatomas ou diatomas de águas do mar. Estudos de plantas aquáticas também podem ser realizados.

Invertebrados Aquáticos
A toxicidade aguda e os estudos de reprodução são realizados na Daphnia magna e em outros invertebrados. Culturas internas de Dáfnia estão disponíveis. A concepção de testes é adaptada às diferentes necessidades do cliente, respeitando as evidências ou as técnicas de aplicação.

Peixes
Estudos de toxicidade aguda e prolongada, assim como estudos sobre os estágios iniciais do ciclo de vida e ciclo de vida (teste de duas gerações) são realizados em peixes de água quente ou fria, tais como Truta-arco-íris, Peixe-zebra, Carpa-comum e Pimephales promelas. Dependendo do assunto do estudo, testes de fluxo contínuo ou semi-estático são realizados.

 

Ecotoxicologia (Setor Terrestre)

Todos os estudos são planejados e realizados por uma equipe de cientistas e funcionários técnicos altamente experientes, em conformidade com as diretrizes vigentes (IOBC, OECD, ISO, EPA).

Plantas
Estudos são realizados para avaliar os potenciais efeitos sobre a emergência e o crescimento inicial de plantas – assim, observando a germinação de sementes e o crescimento das plantas – ou para avaliar os efeitos potenciais sobre as partes das plantas que estão longe do nível do solo. Em colaboração com sócios qualificados, nossos laboratórios podem designar a amostragem de acordo com o “Teste de Plantas Terrestres - Emergência da Muda e Teste de Crescimento da Muda” OECD 208 de modo a determinar a inibição do crescimento e a capacidade reprodutiva de plantas superiores que solos tratados em uma determinada maneira podem apresentar.

Organismos do solo não visados
Em colaboração com sócios qualificados, a avaliação da microflora do solo é realizada durante o ano usando solos naturais. Esse tipo de teste inclui teste de respiração em longo prazo, teste de transformação de nitrogênio e a avaliação de efeitos ecotoxicológicos quanto aos vermes da terra.

Mais informações?

Entre em contato para mais informações sobre nossos serviços, solicitações de propostas e mais.

Estamos a disposição para atendê-lo.

5 Jun
2019